Home
 Equipe
 Galeria de fotos
 Histórico
 Localização
 O Rebanho
 Alimentação
 Catálogo de vendas
 Caprinforma
 Cotações
 Curiosidades
 Dicas
 Notícias
 Raças
 Receitas
 Sanidade
 Técnicas
 Web Links
 Livro de Visitas
 Contate-nos

Você pretende ampliar seu negócio de Caprinos?

Sim               
Não               

  

 
 
 
Advertisement
 
 
Conservação de peles   Versão para Impressão  Enviar por e-mail 
25 10 2004

Os animais destinados ao abate devem estar descansados e com jejum alimentar de no mínimo 12 horas, recebendo neste período apenas água...

Conservação de Peles por salga a seco

Os animais destinados ao abate devem estar descansados e com jejum alimentar de no mínimo 12 horas, recebendo neste período apenas água.

O animal é pendurado pelas patas traseiras e, com a cabeça para baixo, é cortada profundamente a artéria carótida e a veia jugular, próximas da garganta. Um sangria completa e bem feita melhora a qualidade e conservação da carne e da pele.

Na esfola, para evitar formato defeituoso nas peles, devem ser obedecidas certas linhas de corte:

  1. Cortar em linha reta de baixo para cima, começando na garganta e indoaté o contorno do ânus e cauda.
  2. Cortar pela parte interna de cada membro, iniciando nos joelhos e indo até o corte central no peito e no ânus.
  3. Cortar em toda a volta de cada joelho e nos quatro membros.

Para iniviar a tiragem da pele usar uma faca de extremidade arredondada, sem ponta.

Após estas incisões, comece puxando e soltando a pele nas pernas de cima para baixo. Use somente as mãos. Vá descolando com a mão, de modo que ela penetre por baixo da pele esgarçando o tecido subcutâneo e desprendendo-a da carcaça.

Só utilize a faca (sempre de ponta arredondada) em momentos de maior dificuldade e com muito cuidado para não furar a pele.

Após a retirada, remova a carne e gordura que ficaram aderidas na pele. este procedimento evitará o cheiro de "ranço".

Salga a seco

Estenda a pele com a parte do pêlo para baixo sobre um estrado de madeira e aplique sal grosso (granulometria de 1 a 3 mm) cobrindo toda a face onde estava a carne, ("carnal"). Empilhe e salgue sucessivamente uma pele sobre a outra nesta mesma posição com o carnal para cima.

No momento da venda e entrega das peles elas serão "batidas" para retirada do excesso de sal grosso e para a diminução de peso e volume, este sal residual pode ser perfeitamente reaproveitado.

A conservação, ("cura"), com o sal comum torna-se vantajosa pelo seu baixo custo. Sendo usado corretamente e em quantidades adequadas promove uma conservação temporária mantendo as peles cruas em boas condições de comercialização.

A ação do sal é de desidratação parcial, atua como bacteriostático inibindo a ação bacteriana e enzimática albuminas e globulinas.


Fonte: Newton Zart Ferraz e Fernando A. Silva (Quimicouros).


 
Voltar para Principal
 

Nós temos 26 convidados online

 
1765599 Visitantes

 
Alimentação
Confira a importância da alimentação, na criação de caprinos, dicas e MAIS !!!
 
Cotações
Sessão contendo as Cotações de Caprinos atualizadas...
Confira !!!
 
Dicas
Confira agora mesmo a nossa sessão de dicas
Clique aqui !!!
 
Receitas
Você quer conhecer algumas receitas de caprinos?
Acesse aqui !!!
 
Sanidade
Análise do rebanho para verificação de possíveis doenças.
CONFIRA AQUI !!!
 
Créditos
Créditos