Home
 Equipe
 Galeria de fotos
 Histórico
 Localização
 O Rebanho
 Alimentação
 Catálogo de vendas
 Caprinforma
 Cotações
 Curiosidades
 Dicas
 Notícias
 Raças
 Receitas
 Sanidade
 Técnicas
 Web Links
 Livro de Visitas
 Contate-nos

Você pretende ampliar seu negócio de Caprinos?

Sim               
Não               

  

 
 
 
Advertisement
 
 
Cuidado com os cabritinhos   Versão para Impressão  Enviar por e-mail 
28 10 2004

É simpático e bonitinho.
Muito lucro está trazendo,
Mas não creia no bitinho,
Que um prejuízo rapidinho
Pode estar ali crescendo

- Assim que acabou de nascer, o cabritinho deve ter o cordão umbilical tratado e desinfetado com tintura de iodo, mercúdio ou repelente aerosol.

- Observando a filiação e o fenótipo (aspecto exterior) do cabritinho, dar preferência aos filhos das melhores cabras.

- Um bom cabritinho deve apresentar: precocidade, avidez, pelagem e cor no padrão da raça, aspecto de macho e boa conformação física.

- O criador deve prestar atenção no recém-nascido, desde o início, para ser bastante rigoroso na escolha dos animais que irão para o Registro Genealógico, ou para atender o mercado comprador, cada vez mais exigente.

- O criador deve efetuar o Registro de Nascimento do cabritinho.

- Uma vez selecionado e aprovado, o cabritinho não deve ser amochado e nem passar pela castração.

- Os cabritinhos desclassificados pela seleção, devem ser castrados ainda jovens. A ideal ideal é entre 15 e 90 dias de idade.

- Tanto os cabritinhos selecionados e registrados, como os desclassificados pela seleção, devem ser comercializados ainda jovens.

- Atenção! Cabritos inteiros devem ser apartados das fêmeas antes de 120 dias de idade, a partir do 4o mês. Ele é uma grande ameaça à fecundação programada das fêmeas. Eis o ditado:
"Uma coisa vou lhe dizer
Prá você nunca se esquecer:
Com o cabrito bobeou,
A fêmea ele enxertou".

- Só iniciar cruzamentos depois do completo amadurecimento sexual dos cabritos. Não utilizá-los antes do 8o mês. O ideal seria a partir do 1o ano de vida.

- Existem 3 caminhos para o cabritinho:

1) ser eliminado ao nascer, para aproveitar melhor o leite da mãe;

2) ser castrado até os 90 dias de idade, para venda futura como animal de corte;

3) ser registrado, para venda futura como reprodutor.

- O cabritinho irá crescer até os 3 anos mas sua puberdade já se manifestará entre 5 e 6 meses. O seu amadurecimento completo acontece logo após os 12 meses de vida.

- Quais são as duas principais condições para ter um cabritinho lucrativo? São: a boa alimentação e o controle sanitário. Ou seja, a saúde e a boa alimentação. Eis o verso do lucro:
"Em cabrito eu sou doutor
E aqui lhe ensino, sim senhor
Dou comida com louvor
e olho-aberto com fervor".

- O aleitamento pode ser de forma natural (mamando na cabra) ou artificial (em mamadeiras). Nas mamadeiras pode ser utilizado outro leite, como o de vaca, leite em pó ou leite de soja.

- As mamadeiras coletivas são muito práticas mas devem estar sempre muito limpas e sob constante vigilância.

- Durante os primeiros 15 dias de vida, adotar fortificantes à base de cálcio, cobre e ferro (Exemplo: rarical, calcigenol, etc.).

- Manter os cabritinhos presos por um período mínimo de 30 dias. Só permitir uma ligeira tomada de sol na parte da manhã, nesse período.

- Proteger os cabritinhos contra a umidade e o frio. Manter rigorosa observação. Um vento frio ou um momento de umidade indevida pode liquidar um rebanho inteiro.

- Combater a diarréia (Eimeriose) que é responsável por grande parte das perdas de animais novos. Eis o ditado: "Cabrito sadio tem sempre rabo limpo".
"Cabrito sadio, sim senhor
Dá lucro certo, sem panacéia
Tem o rabo limpo sem diarréia
Do frio tem até pavor".


Fonte: Revista O Berro nº 41.


 
Voltar para Principal
 

Nós temos 44 convidados online

 
1765618 Visitantes

 
Alimentação
Confira a importância da alimentação, na criação de caprinos, dicas e MAIS !!!
 
Cotações
Sessão contendo as Cotações de Caprinos atualizadas...
Confira !!!
 
Dicas
Confira agora mesmo a nossa sessão de dicas
Clique aqui !!!
 
Receitas
Você quer conhecer algumas receitas de caprinos?
Acesse aqui !!!
 
Sanidade
Análise do rebanho para verificação de possíveis doenças.
CONFIRA AQUI !!!
 
Créditos
Créditos